16 de nov de 2014

Livro #08 - Mediador e o Mistério da Ceifa - Bruna Figueira


Dados do Livro


Fonte 1*


Nome: Mediador e o Mistério da Ceifa
Autor: Bruna Figueira
Editora: Novo Século
Selo: Talentos da Literatura Brasileira
ISBN: 978-85-428-0110-1
Edição: 1ª Ed. 2014
Estilo: Ficção Brasileira
Páginas: 283
Preço de Capa: R$ 8,42 até 34,90
Avaliação Skoob: 4.1

Sinopse


Não é qualquer um que possui o dom de ver os Ceifadores...
A vida de Christine decorria normalmente até ela presenciar um acidente que causa a morte de uma garotinha. E, durante a movimentação para salvá-la, ela vê em meio à multidão o ser que trará uma reviravolta em sua vida por definitivo – um homem envolto em uma intensa aura, de olhos prateados.
Contudo, para um Anjo da Morte, o fato de uma humana o ter visto em sua forma real é motivo de grande ameaça, e ele terá que se empenhar para eliminá-la. Levados pelo acaso, o caminho dos dois se entrelaça de tal forma que um não pode mais existir sem o outro. E, desse momento em diante, este Ceifador passará a lutar contra qualquer adversidade para proteger sua amada.

 O Autor


Fonte 2*


Bruna Figueira nasceu em 1990, em São Caetano do Sul, São Paulo. Em 2000 mudou-se para Indaiatuba com sua família, onde reside atualmente ao lado de seu marido.
Formou-se em Letras e lecionou em escolas públicas da cidade.
O fascínio pela leitura sempre conduziu a autora a conhecer mundos diferentes e viver aventuras que seriam impossíveis na vida real.
Links Úteis: 



Dialética

Fonte 3*
Durante a Bienal de São Paulo dois autores de quem agora sou fã se juntaram para oferecer em um sorteio um exemplar de suas obras, Eder Traskini ofertou Stânix: O Poder dos Elementos e Bruna Figueira o livro Mediador e o Mistério da Ceifa, por um arranjo do destino sai vitorioso e recebi esses dois lindos presentes autografados e com dedicatória, o que jamais imaginei era que estava diante de dois talentos da literatura brasileira.
Bruna Figueira em especial me surpreendeu com o seu livro assim que o tirei do envelope.
Em primeiro lugar pela capa, (congratulações a Monalisa Morato pelo excelente trabalho), venhamos e convenhamos como não se encantar por essa capa, um anjo de cabelos muito negros e asas em alto relevo, além dessas partes em vermelho que muito lembram o fogo?!
Em segundo pela sinopse, como fã de cultura japonesa, reconheço nos ceifadores (lá chamados de shinigames) o esplendor de suas atuações e mitos, então quando me deparo com a frase: “Não é qualquer um que possui o dom de ver os ceifadores...” disse: tenho que ler este livro agora mesmo.
E em terceiro e não mesmo importante o conteúdo deste livro, uma estória bem escrita e desenvolvida, onde cada capitulo e intensamente esclarecedor.
O Mediador retrata as aventuras de Christine em busca de sua verdadeira origem, uma garota que se depara com um fenômeno incomum e acaba sendo alvo do esquadrão da morte, anjos responsáveis por encaminhar os mortos a sua pós vida.
De forma eletrizante, cativante e em nenhum momento enfadonha acompanhamos o dia-a-dia desta brasileira especial e o crescente poder que emana de sua alma. Em contra partida também acompanhamos o despertar de David o ceifeiro de almas que por séculos permaneceu apático ao mundo humano, mas que agora tem Christine como alvo.
Narrado em primeira pessoa nos capítulos vivenciados pro Christine, conseguimos compreender bem sua relutância em aceitar o rumo que sua vida começa a seguir, e a importância que David passa a desempenhar assim que se apresenta a ela. Porém os capítulos onde David é o foco, temos uma narrativa em terceira pessoa, onde somos apresentados a uma visão geral e complexa, uma visão que nos permite entender de forma clara o que é a Ceifa.
Consegui ler o livro durante uma única noite, isso porque como disse antes se trata de uma estória muito bem desenvolvida com capítulos muito bem amarrados. São tantos acontecimentos ora banais, ora excepcionais que tornam o livro impossível de se soltar antes do fim.
E que fim, muito superior as minhas expectativas. Embora se trate de uma série, e este primeiro livro seja bastante explicativo, em nenhum momento a leitura tornou-se chata, pelo contrário mesmo os momentos cotidianos, onde a autora apresentava explicações da vida dos personagens havia aquele brilho especial, e era evidente a importância de cada detalhe.
Talvez se fosse escrito de outra forma eu teria detestado a protagonista, pois, toda sua relutância em ver a verdade, em aceitar que não estava louca poderia ser difícil de engolir, mas não aqui, Bruna escreveu tudo com muita perfeição e mesmo os “mimimi” de Christine não são chatos ou impossíveis de acompanhar.
O livro possui uma revisão impecável e apenas um único erro de digitação (a ausência de um til), pelo menos foi o que encontrei, pois, quando se encontra uma história divertida e bem escrita como essa, você não se atenta a erros e sim ao prazer da leitura.
As páginas são amareladas e a fonte é de fácil leitura, além de possuir margem e espaçamento adequados. A fontes mudam apenas para títulos de capítulos e ganham itálico para recordações e pensamentos.
Recomendo Mediador e o Mistério da Ceifa para todos que buscam uma boa leitura, que envolva ficção, fantasia, romance, mistério e suspense, pois, é o que você irá encontrar aqui.


Relacionando

 Recentemente na página do livro no Facebook, Bruna divulgou que já está trabalhando na continuação, o que é claro me deixa animadíssimo, pois, quero ser um dos primeiros a tê-los em mãos e com autografo também é claro.
 
Fonte 4*


Onde Comprar

Americanas

Fonte Fotos

1: Capa do Livro retirada da página do livro no Facebook: aqui.
2: Foto Bruna Figueira na Bienal do Livro SP – 2014, retirada da página da Editora Novo Século no Facebook: aqui.
3: Banner da página do livro no Facebook: aqui.
4. Print do livro 02 retirada da página do livro no Facebook: aqui.



0 comentários:

Postar um comentário

Sua opinião é sempre importante, por isso espero seu comentário!
Critique, de sugestões, elogie, comente.

Julielton Souza