26 de ago de 2014

10 Seres Mitológicos mais cotados na Literatura – Parte II

Dando continuidade ao especial 10 Coisas dessa semana, hoje teremos a segunda postagem de uma série de cinco, trazendo a sétima e sexta posição. Espero que gostem do texto, e lembrem de comentar, aqui é o lugar para a dialética simples e cativante entre os amantes dos livros.

7° Lugar: Fadas
Ora apresentadas como pequenas, ora de estatura humana, as fadas costumam aparentar bondade e boa vontade. Porém as novas obras da literatura mundial começam a reformular a imagem brilhante e bondosa desses pequenos seres, e já é possível encontra-las retratadas como seres negros e repletos de maldade. Descritas quase que categoricamente como seres parcialmente materiais, parcialmente espirituais, as fadas possuem inúmeros poderes, variando de uma obra a outra, entre eles estão a habilidade de mudar a sua aparência, bem como a capacidade de se tornarem invisíveis aos olhos humanos.
Possuem asas e podem realizar desejos. Surgem nas situações de perigo, ou para desfazerem feitiços e maldições. Há aquelas que aparecem quando o protagonista enfrenta dificuldades financeiras e/ou amorosas. Em outros casos combatem as terríveis bruxas e auxiliam em aventuras exaustivas, sempre portando suas varinhas de condão com poderes além da compreensão.
Na literatura, estão presentes nos contos de fadas e em livros famosos como Sonhos de Uma Noite de Verão, As Crônicas de Sookie Stackhouse e Peter Pan.



Em uma das obras mais conhecidas, parodiadas e adaptadas de William Shakespeare, escrita em meados da década de 1590, as fadas representadas por sua rainha Titânia sofre nas mãos do nosso nono lugar os elfos, representados pelo Rei Oberon e o engraçado Puck.
Os diversos problemas gerados pelas duas criaturas reais, bem como a interferência de Puck dão o tom engraçado da história.


Já na obra tão aclamada de Charlaine Harris, As Crônicas de Sookie Stackhouse ou no original The Southern Vampire Mysteries, a própria protagonista é descendente de uma fada, ou seja, ela é meio humana, meio fada. Por essa razão possui a habilidade de ler mentes.
Ao contrário de que muitos pensam, na série de livros, as fadas não são figurinhas constantes e poucas vezes aparecem diferente do que acontece na série da televisão, onde as fadas dominam diversos episódios das temporadas anteriores. Agora um minuto de silencio, pelo final definitivo da série.
Mesmo as fadas não sendo personagens recorrentes, Claudine, uma fada que seria a protetora de Sookie aparece algumas vezes a salvando dos diversos perigos que a protagonista se mete, além de revelar informações sobre as bruxas.


Por último, porem tão importante quanto, há o maravilhoso livro de J. M. Barrie publicado em 1911. Peter Pan ou Peter and Wendy pode ser considerado o percursos das famosas fadas madrinhas, Sininho ou melhor Tinker Bell é a pequena fada companheira de Peter, o menino que não quer crescer.
Tinker Bell é descrita por James Matthew Barrie como uma pequena menina alada, travessa e irritadiça, porém leal acompanhante de Peter Pan, é atualmente personagem carro chefe da Walt Disney.



6° Lugar: Dragão
Encontrado na maioria das mitologias, os dragões são representados como animais gigantescos de aspecto reptiliano, acompanhados ou não de asas, e com poderes mágicos, além do famoso hálito de fogo.
Porém em outros manuscritos históricos importantes são descritos como serpentes aladas, ou criaturas quiméricas (fusão de dois ou mais animais), na literatura estão presentes em grande maioria das séries infanto-juvenil e até mesmo nas jovens adultos publicadas atualmente.
Entre os diversos exemplos, destacam-se os dragões da série As Crônicas de Gelo e Fogo, a série Como Treinar o seu Dragão e o livro O Hobbit.



A Série As Crônicas de Gelo e Fogo do escritor George R. R. Martin aborda um universo onde a existência de dragões é ou foi tão comum como a dos nossos animais domésticos. Inicialmente apresentados como extintos, os dragões anteriormente auxiliaram Aegon o Conquistador da Casa Targaryen a conquistar os Sete Reinos.
Posteriormente Daenerys Targaryen trouxe três novos dragões a vida, ao entrar em uma pira de fogo carregando os três ovos que havia ganhado como presente de casamento. Os três foram batizados como Rhaegar, Viserion e Drogon.


A série Como Treinar seu Dragão da autora Cressida Cowell faz grande sucesso com a criançada, sucesso este que cresceu após as duas adaptações da obra para o cinema. A série aborda as aventuras do jovem viking da ilha de Berk, Soluço Spantosicus Strondus III, filho de Stoico, O Imenso, o qual também é chefe da tribo dos Hooligans Cabeludos.


O livro O Hobbit do autor J. R. R. Tolkien narra as aventuras de Bilbo, Gandalf e companhia na tentativa de recuperar a Montanha Solitária e seu vasto tesouro do dragão Smaug.
Smaug, o Dourado é um dragão que expulsou os anões, antigos moradores da montanha Erebor, para se apropriar de suas riquezas. Descrito como um dragão alado de cor vermelha e dourado, possui olfato aguçado e seu peito é coberto com joias e pedras preciosas, onde apenas um pequeno ponto oco no peito esquerdo é destituído de pedraria.
Smaug é ainda descrito como um ser mau, forte e ganancioso, o mais poderoso de seu tempo.


       Fonte: Memorias e Wikipédia.

1 comentários:

  1. Nossa, adorei! Sou apaixonada por mitologia fantástica e adoro ler livros que tenham seres elementais e do imaginário fantástico! No momento, os dragões são os meus preferidos! ^^
    Beijos!

    bibliophiliarium.com

    ResponderExcluir

Sua opinião é sempre importante, por isso espero seu comentário!
Critique, de sugestões, elogie, comente.

Julielton Souza