25 de ago de 2014

10 Seres Mitológicos mais cotados na Literatura

Um pouco atrasada a coluna 10 Coisas, traz hoje para vocês as dez criaturas/seres mitológicos mais usadas em livros no Brasil e no Mundo.
Devo lembrar que esse apanhado não possui elementos que o comprovem, e/ou qualquer que seja a relação com outros artigos da internet, trata-se de um apanhado geral realizado nos livros aos quais tive acesso durante minha vida como leitor.
Durante essa semana o dez coisas será dividido em cinco postagens diferentes, exceto na terça-feira, dia 26.08.2014, quando o especial sobre cultura japonesa será postado.
Não se esqueçam de comentar, como o nome do blog já diz, eu proponho o assunto e vocês desenvolvem o diálogo, pois, este é o lugar para a dialética simples e cativante entre os amantes dos livros.

10° Lugar: Animais Falantes
Esses seres fantásticos vão longe quando o assunto é quem fala mais, geralmente personagens singulares, as vezes antagonistas que acabaram conquistando o leitor por suas frases de efeito ou mesmo pelo sarcasmo ao introduzir um assunto.
Presentes em grande parte dos livros de ficção infanto-juvenil, os animais falantes se diferem em pouco coisa dos demais. São animais comuns como os que costumamos ver no zoológico, mas que possuem o dom da fala humana ou até mesmo a telepatia, alguns se vestem como humanos, mas nada que os descaracterize.
Podemos encontrar essas criaturinhas falantes em livros como: a série As Crônicas de Narnia, Alice no País das Maravilhas e em quase todos os livros do autor brasileiro Monteiro Lobato.

Em As Crônicas de Narnia cita-se o próprio Aslam, um leão comum, mas que possui o dom da fala e outros poderes. De certa forma, é visto como o rei ou o deus de Narnia. Há também o Sr. Castor no livro O leão a feiticeira e o guarda-roupa e o engraçadíssimo Ripchip o ratinho membro da tripulação do navio Peregrino da Alvorada.


Em Alice no País das Maravilhas de Lewis Carroll, os animais falantes se diferem dos demais, alguns possuem hábitos humanos, como o Sr. Coelho que usa relógios e roupas humanas, o Gato de Cheshire (Gato Risonho) que possui cores jamais vistas em gatos comuns ou a Lagarta Azul que vive a fumar.  



Já nos livros do autor Monteiro Lobato, o famoso Sítio do Pica-Pau Amarelo é lar do Rinoceronte Quindim, O Burro Falante, também chamado de Conselheiro e o porco mais famoso de todos o Marques de Rabicó do livro Reinações de Narizinho.


 9° Lugar: Elfos
Elfo é uma criatura mística da Mitologia Nórdica e Céltica, que aparece com frequência na literatura medieval europeia. Shakespeare as imaginava como seres pequeninos, porém a mitologia original os descrevem como sábios, poucos centímetros menores do que a média humana (entre 1,70m a 1,73m contra 1,80m a 1,83m dos humanos), eram belos e supostamente imortais.
É claro que atualmente a construção bela e bondosa desses seres narradas por Shakespeare foram alteradas, e alguns apresentam aparência repugnante e hábitos malignos.
Podemos encontrar esses seres pequeninos nos livros das séries O Senhor dos Anéis, Harry Potter e As Crônicas de Spiderwick.

Nas obras de J. R. R. Tolkien, os elfos são autodenominados Quendi, são descritos como altos e belos, são também imortais enquanto o mundo Arda existir. Não envelhecem ou adoecem e mesmo quando o corpo é mortalmente ferido, sua alma pode reencarnar em um corpo idêntico. O elfo mais conhecido do universo criado por Tolkien, é o elfo Legolas Greenleaf ou Legolas Verdefolha e ainda Legolas Folha Verde.


Já nas obras da autora J. K. Rowling os elfos recebem a denominação de elfos domésticos, criaturas humanoides, que passam a vida servindo uma família ou instituição. No universo de Harry Potter, os elfos mais conhecidos são o pequeno Dobby, o qual pertencia originalmente a família Malfoy, Monstro que pertencia a família Black, Wink pertencente aos Crouchs e Hóquei que trabalhava para Helpzibah Smith. Além desses a mais de cem outros elfos servindo em Hogwarts.


Já em As Crônicas de Spiderwick uma série escrita por Holly Black, os elfos são retratados como criaturas humanoides que usam roupas feitas de folhas, conhecem magia e são uma espécie de autoridade no território das fadas.



  8° Lugar: Fantasmas
Fantasma, na crença popular, é a alma ou espírito de uma pessoa ou animal falecido que pode aparecer para os vivos de maneira visível ou através de outras formas de manifestação. (Fonte Wikipedia)
Fantasmas são criaturas abundantes em histórias de terror, e aparecem em muitos livros de gêneros diversos. Entre os exemplos mais conhecidos, podemos citar Um Conto de Natal, A série Harry Potter e o recente sucesso A Estrada da Noite.

Em Um Conto de Natal do grande autor Charles Dickens, três fantasmas surgem na véspera de natal para o velho Scrooge. São os fantasmas do Natal Passado, do Natal Presente e do Natal Futuro. Sendo um desses fantasmas o falecido sócio do velho Scrooge, Marley, o qual se arrepende de ter passado a vida em busca apenas de dinheiro.


Já na série Harry Potter há um destaque grande para um fantasma que foi retratado em um dos filmes da franquia, A Murta que Geme. O fantasma aparece no livro Harry Potter e a Câmara Secreta, e, é apresentada como um fantasma que vide no banheiro feminino do segundo andar da Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts. A Murta está sempre choramingando, gemendo e resmungando, e afasta todos que entram no banheiro. Ainda há outros fantasmas habitantes de Hogwarts, mas nenhum tão encantador e chato como Murta.


Joe Hill filho do também escritor Stephen King, apresenta em seu livro A Estrada da Noite, o fantasma do velho Craddock McDermott, o qual antes de morrer era padrasto de uma fã do cantor Judas Coyne, a jovem cometeu suicídio, e então Craddock assombra um paletó enviado a Jude em busca de vingança pela morte da jovem.

O espírito parece estar em todos os lugares, à espreita, balançando na mão cadavérica uma lâmina reluzente - verdadeira sentença de morte. O roqueiro logo descobre que o fantasma não entrou na sua vida por acaso e só sairá dela depois de se vingar.


Quarta-feira, dia 27 de agosto não perca a continuação.




2 comentários:

  1. Olha eu aqui de novo para acompanhar o top 10! Morro de medo de fantasma, filmes com fantasmas, livros com fantasma, qualquer coisa que envolva fantasma (mas no sentido mais de espírito, não de fantasmas tipo Gasparzinho rs). E eu jurava que elfos eram maiores que humanos, sempre os vi como criaturas altas e perfeitas! xD

    bibliophiliarium.com

    ResponderExcluir
  2. Julielton, concordo com estas três opções da postagem, são seres bem explorados, mesmo não sendo os principais, são muito bem usados em livros, séries e filmes. Gosto bastante dos autores e diretores que usam fantasmas como adicional à trama.

    ResponderExcluir

Sua opinião é sempre importante, por isso espero seu comentário!
Critique, de sugestões, elogie, comente.

Julielton Souza