16 de out de 2015

A Influência Japonesa nos videogames – Parte III [GAME CENTERS – ARCADE – PACHINKO]

Game Centers

Deixando as multimilionárias japonesas de lado, vamos enfim conhecer um pouco mais sobre o universo gamer japonês. Chamados de parques de diversão indoor, os Game Centers são uma das especialidades japonesas dedicadas aos jovens, para se ter uma ideia, andar por ruas japonesas é uma tortura para gamers, já que em uma única rua você pode encontrar até cinco ou mais lojas como estas.

Na verdade há até bairros inteiros dedicados aos game centers e outros produtos nerds, chamada de Meca dos Nerdes, o bairro de Akihabara em Tokio, é o centro do universo otaku no mundo, uma de suas principais avenidas a Chuo Dori está repleta de milhares de lojas dos dois lados da avenida dedicada aos jogos eletrônicos, mangás e animes.

Em Akihabara o número de Game Centers ultrapassa as quatro dezenas, e, é por isso que um ditado japonês se tornou muito popular no mundo todo “se não está à venda em Akihabara é porque não existe”. Para se ter uma ideia de como Akihabara é dedicada ao mundo dos gamers e otakus, uma de suas lojas, a Yodobashi Camera tem três andares especializados em games. Já a Potato outra loja mundialmente conhecida é especializada em retrogames, ou seja consoles, cartuchos e acessórios para todas as gerações de videogame, principalmente os mais antigos. A Super Potato é o paraíso dos colecionadores e uma das maiores game centers existentes no mundo.

Outra loja, está existente em todo o Japão é a Taito Station, uma das razões das casas de videogames brasileiros serem chamados de “TAITOS”. Estas lojas ocupam grandes espaços chegando a oferecer oito andares de um prédio para o espaço dedicado ao universo gamer.

A principal razão dos game centers serem tão famosos entre os japoneses é a comodidade e o preço, em média o jovem gasta apenas sete reais por hora nestes lugares. Em algumas lojas, a cabines isoladas para os jogadores que preferem jogos com proibição a menores de idade, e além da privacidade o usuário conta com atendimento de garçonetes muitas vezes vestindo trajes de Lolita, os chamados Maid Cafe.

Nos game centers a dois tipos de jogos que fazem sucesso com o público infantil e adulto, que são o Arcade e o Pachinko, assuntos dos próximos tópicos, então continuem lendo.

  Arcade

Arcade é o nome dado ao fliperama e se trata de um aparelho de jogo eletrônico profissional, no Brasil é comum encontrar Arcade em festas ou quermesses de rua. São aquelas maquinas gigantescas constituídas de uma tela de tv ou monitor de vídeo e controle de jogos.

No Japão além dos jogos de luta famosos no Brasil, a Arcades dedicados a outros tipos de jogos como simuladores de corrida de carros, motos e até jet skis, há também com armas simuladas e dança.

Pachinko

Pachinko é o jogo preferido do demônio branco protagonista do anime Gintama, e um dos maiores vícios do povo japonês, chamada de máquina do azar, essas maquinas se assemelham, ou melhor, são bem parecidas com aquelas maquinas muitas vezes vistas em filmes com Las Vegas como cenário, elas possuem slot digitais onde se deve obter três números ou símbolos iguais para ganhar um jackpot. O diferencial desta máquina é que ela é similar aos jogos de Pinball, onde os jogadores usam bolas de metal que são atiradas dentro da máquina para tentar ganhar mais bolas, algumas possuem alavancas.

Também são similares as maquinas caça niqueis tão desprezadas no Brasil. No Japão assim como aqui, os jogos de azar são considerados ilegais e passiveis de prisão, porém o Pachinko é visto como um habito de lazer, apenas substituindo as recompensas em dinheiro por fichas de ouro.  

477916-gintama___230_._11.46___00.42.03_

http---signatures.mylivesignature.com-54492-348-8CDC41FCD38DF5750D599C05656C608C

1 comentários:

  1. Nossa Julielton, cada vez mais fico impressionada com a imensidão dos games no Japão; sabia que eles eram feras, mas nunca passou em minha cabeça o fato de ter até 8 andares de um único prédio dedicado aos games é fascinante e assustador kkkk.

    Bjsss

    ResponderExcluir

Sua opinião é sempre importante, por isso espero seu comentário!
Critique, de sugestões, elogie, comente.

Julielton Souza