2 de out de 2015

A Influência Japonesa nos videogames – Parte I [Nintendo & Sony]

Olá queridos leitores, hoje trago para vocês mais uma postagem do Especial Cultura Japonesa no Brasil, quando comecei com este projeto achava que seria fácil escrever sobre algo que admiro tanto, mas descobri que era mais difícil do que imaginava, a muitas nuances em um único assunto, e as vezes as postagens que fazia, ou ficavam cruas e curtas demais, ou tornavam-se copias do Wikipédia.

Levei um bom tempo para entender que não é isso que vocês leitores buscam, então reformulei o Especial, continuarei a falar sobre a temática Japão, porém o farei de forma resumida mais abrangente dividindo um tema em várias postagens durante o mês, no sistema de uma postagem por semana, de um jeito que fique claro o assunto tratado.

E para começar trago hoje, a postagem:

A Influência Japonesa nos videogames – Parte I

Videogames

Games famosos

É de conhecimento de grande parte da população mundial a importância que os Videogames têm para o Japão e o quanto este país é importante para a cultura dos jogos eletrônicos. Este tipo de diversão virtual é um elemento pulsante na vida cotidiana do povo japonês desde o fim dos anos 70 quando as empresas de videogames emplacaram grandes sucessos.

Entre elas estão mega companhias como a Nintendo, Sony e Bandai que trouxeram não apenas para o público japonês, mas também para o mundo jogos como: Biohazard; Blue Dragon; Castlevania; Digimon; Pokémon; Mario & Sonic; Mega Man; Pac-Man; Resident Evil; Zatch Bell e outros inúmeros jogos.

 

Nintendo

Não há como falar de jogos de videogame sem incluir uma das maiores companhias japonesas responsável por sua disseminação. A Nintendo Company Ltda foi fundada em 1889 como uma indústria de jogos de cartas de Hanafuda.

Apenas em 1970 quando estava quase entrando em falência devido ao grande sucesso dos produtos da Bandai e Atari que Nintendo se tornou uma fabricante de jogos eletrônicos, lançando os aparelhos Game & Watch, aparelhos equipados com telas de cristal líquido, e posteriormente com os famosos fliperamas.

Mas foi somente 1981 com o lançamento de Donkey Kong que a empresa demostrou grande sucesso com os árcades, o que levou a criar seu primeiro console o Famicom (Family Computer) que depois passaria a se chamar NES (Nintendo Entertainment System).

O que combinando com grandes jogos como Mario Bros e The Legend of Zelda tornou a Nintendo a líder mundial do ramo de videogames. Embora desde então a empresa tenha se tornando para o mundo sinônimo de jogabilidade, para mim como leigo no assunto a empresa somente mostrou para a que veio com o lançamento do portátil Game Boy futuro lar da mais famosa franquia de games do mundo: Pokémon.

No dia 09 de janeiro deste ano a Nintendo anunciou que seus jogos e consoles não será mais distribuído no Brasil devido aos altos impostos, contudo analises de mercado estão sendo realizados para que uma solução apareça.

Atualmente a Nintendo é responsável pela fabricação e distribuição dos consoles: Wii U, Nintendo 3DS, New Nintendo 3DS. Com um lucro anual de mais de US$ 200 milhões (dólares americanos).

Sony

A Sony Corporation foi fundada em 1946 em Tokyo, e atualmente o quinto maior conglomerado de mídia do mundo, responsável pela fabricação e distribuição de inúmeros aparelhos eletrônicos, como televisão, reprodutores de DVDs, aparelhos de som, home theaters, câmeras digitais, softwares de computadores, e, é claro jogos eletrônicos.

É quase impossível encontrar um ser humano que não conheça o logo da empresa ou que pelo menos uma vez na vida teve um produto criado por ela. Embora seja inicialmente uma empresa de eletrônicos, a Sony também atua no cinema com os estúdios Columbia e MGM, na música com as gravadoras Sony Music e BMG, canais de televisão (Sony, AXN) e celulares com a Sony Mobile (ex Sony Ericsson).

A Sony ainda é responsável pelo desenvolvimento dos aparelhos portáteis iniciando com os famosos Walkmans, no ramo dos videogames porém iniciou sua carreira tardiamente quando lançou um dos consoles mais famosos do mundo o PlayStation e posteriormente o portátil PSP.

Atualmente a Nintendo é responsável pela fabricação e distribuição dos consoles: Playstation 4 e Playstation Vita (PSP 2). Com um lucro anual de mais de US$ 180 bilhões (dólares americanos).

E este foi o especial da cultura japonesa desta semana, o Dialética Japão volta na próxima sexta-feira com a parte dois do especial deste mês “games”.

 

http---signatures.mylivesignature.com-54492-348-8CDC41FCD38DF5750D599C05656C608C

3 comentários:

  1. Eu sou uma nintendista de carteirinha e minha infância foi marcada por esses jogos, por isso Super Mario e Donkey Kong são até hoje os meus preferidos.

    ResponderExcluir
  2. Oi, particularmente sou fã de vieo games, pela que sou muito ruim kkkkk.
    Mas essa influencia vem crescendo a cada dia, entrando em nossas vidas não so pelos games, mas em tudo. Daqui a pouco seremos quase que dependente deles.

    Bjsss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, só podia tah dormindo, misturei um comentário com o outro. kkk
      Julienton, quando era pequena, ficava fascinada vendo meu primo jogar Mari, achava lindo e divertido, pedia para ele me ensinar e quando baixava a boa vontade nele, a pessoa aki demonstrava total falta de habilidade, com o tempo parei de pedir. Hoje quando vejo o jogo, ainda tento, e fico nessa de tentar, definitivamente Mario não é para mim, mas mesmo sendo ruim é o meu jogo favorito.
      Eu já assisti algumas produções onde a Sony esteve envolvida e particularmente gostei bastante.

      Bjsss

      Excluir

Sua opinião é sempre importante, por isso espero seu comentário!
Critique, de sugestões, elogie, comente.

Julielton Souza