16 de set de 2015

Dialetica Series – As cidades Isoladas

O Dialética Séries traz hoje para vocês um especial sobre um mote adotado recentemente pelas maiores produtoras da televisão internacional, e existente em uma de cada dez séries exibidas atualmente.

Estamos falando do isolamento repentino de civilizações ou comunidades inteiras devido a fenômenos sobrenaturais ou planos governamentais. Recentemente algumas séries com este mote tiveram um alcance exorbitante no índice de avaliação da TV americana. Tornando-se fenômeno mundial e lançando o mote para o mundo todo.

Chester Mill - Under the Dome

Entre as séries que exploraram este mote, está aquela fundamentada no que deu início a tudo isso. Under the Dome, a série baseada no livro de mesmo nome do rei do Maine e do terror, Stephen King, a série é uma produção da CBS e desenvolvida por Brian K. Vaughan e Steven Spielberg.

Nesta série, cujo enredo diferenciou-se do livro do qual se originou, a pequena cidade de Chester Mill no Maine, inexplicável e repentinamente se vê isolada do resto do mundo por um campo de força invisível, chamada por uns de "cúpula" ou “redoma”. Os moradores de Mill se veem separadas de suas famílias e do restante do mundo. Sem acesso à internet, telefone e televisão, as pessoas presas dentro da cúpula devem encontrar suas próprias maneiras de sobreviver com a diminuição dos recursos e as crescentes tensões. Ninguém pode imaginar o que essa barreira é, de onde veio, e quando — ou se — ela irá embora.

Tanto na série como no livro, Chester Mill fica isolada do mundo por três semanas inteiras, e dão lugar a inúmeros ações e problemas provocados pelo isolamento forçado. A série obteve grande sucesso na sua primeira temporada, ganhando uma segunda temporada que não agradou tanto ao público devido as suas divergências com a obra original, culminando com seu cancelamento na terceira temporada, exibida até meados do mês de setembro deste ano.

Wayward Pines

Outra série com o mesmo mote, foi a já finalizada Wayward Pines, baseada no romance Pines, de Blake Crouch. A série foi desenvolvida por Chad Hodge e exibida pela Fox.

Na série é focada na pequena e bucólica cidade Wayward Pines, no estado de Idaho. A cidade é considerada o paraíso na terra, porém, nem tudo é o que parece ser. Em primeiro lugar todos os moradores se veem em um grande mistério, já que todos foram parar ali após um misterioso acidente de carro, e são obrigados a esquecer a vida antes de Wayward Pines. Para piorar, a cidade está protegida por uma cerca elétrica que impede qualquer pessoa de entrar ou sair, porém a cerca e o isolamento não são os piores segredos de Pines, por trás de todos os assassinatos e sequestros, um segredo devastador pode culminar no fim da raça humana pelas mãos se seres humanoides chamados de aberras.

A série foi finalizada no mês de julho com apenas uma temporada, a qual cobriu todo o enredo do livro, embora tenha ficado em aberto, a FOX não cogita estender o show no próximo ano.

Pretty Lake – Between

Between é uma série canadense criada por Michael McGowan e produzida pela Netflix e parceria com o canal canadense City.

Na série o palco é a cidade Pretty Lake uma cidade interiorana como as das duas séries citadas anteriormente, uma cidade onde o maior desafio é ver o milho crescer e que se vê envolta em um grande problema. Uma doença misteriosa mata todos os adultos da cidade, deixando para trás apenas os jovens e crianças menores de 22 anos.

A cidade acaba sendo isolada pelo governo, que instala em suas divisas cercas elétricas e campos minados impedindo qualquer tentativa de fuga. As ordens dos soldados é uma só, atirar primeiro perguntar depois, o vírus deve ser contido mesmo que para isso toda a cidade precise ser destruída.

Como nas anteriores o caos se instaura na cidade ao se ver isolada do mundo, e para piorar os líderes da cidade são os membros do clube de futebol americano do colégio, valentões e líderes de torcida no poder.

A série é estralada pela atriz de iCarly, Jennette McCurdy e diferente das produções da Netflix tem seus episódios liberados um por semana. A série foi renovada e deve voltar a ser exibida no ano de 2016.

Vega, Helena, Nova Delphi e Mallory - Dominion

Diferente das séries citadas anteriormente, os próximos shows não exclusivamente compostas por cidades isoladas do mundo, mas apresentam uma pequena variação do mote aqui citado. Entre elas temos Dominion, uma série americana criada por Vaun Wilmott, baseada no filme Legião de Peter Schink e Scott Stewart. A série é uma produção do canal Syfy.

Em Dominion um apocalipse foi provocado pela queda dos anjos, que revoltados com Deus por escolher a raça humana como sua criação predileta, ataca os humanos levando 90% da população mundial a morte.

25 anos depois disso, a humanidade sobrevive com a ajuda do arcanjo Miguel, que escolheu ficar ao lado dos humanos, em algumas cidades fortificadas. Ele vive em Vega, uma cidade construída sobre a antiga Las Vegas. Na série três cidades e um vilarejo são relatados como resquício da humanidade Vega, Helena, Nova Delphi e Mallory, as duas primeiras são cidades cercadas por gigantescas muralhas que mantem os anjos do lado de fora, Nova Delphi ao contrário é uma antiga base militar também isolada, mas com um diferencial, é habitada por anjos e humanos e Mallory é o único vilarejo citado, diferente dos demais não apresenta barreiras físicas e sim uma gigantesca pira flamejante que impede os anjos de entrarem, queimando-os quando cruzam as divisas da cidade.

O mote das cidades isoladas aqui não é definitivo, já que algumas pessoas recebem permissão para atravessar as divisas da cidade, seja por punição por crimes cometidos ou para missões de reconhecimento.

A série atualmente está em sua segunda temporada e é exibida as quintas-feiras nos EUA.

Storybrooke - Once Upon a Time

Uma outra série que utiliza o mote com variáveis, é o sucesso Once Upon a Time, criada por Edward Kitsis e Adam Horowitz, para o canal americano ABC.

Na série a cidade litorânea de Storybrooke, Maine, (vai que é vizinha de Chester Mill) é o palco central, onde os moradores são personagens de vários contos de fadas e agora filmes Disney que foram transportados para o "mundo real" e tiveram suas memórias reais roubadas por uma poderosa maldição.

Storybrooke é isolada do restante do mundo por um forte campo mágico que impede que os humanos a vejam, e quando um morador deixa Storybrooke perde a memória e qualquer dom sobrenatural que possuía. Já que a barreira é a única coisa que mantem a magia existindo, aqui não adianta gritar “eu acredito, eu acredito, eu acredito em fadas”.

O que difere Storybrooke das outras cidades aqui citadas é o fato de existirem portais dimensionais criados por feijões mágicos, portas magicas, redemoinhos mágicos e outras quinquilharias magicas que permite aos moradores deixarem a cidade e viajarem ou para o mundo real ou para a Floresta Encantada.

O Canal ABC parece ser um grande admirador deste mote, já que anos atrás já havia produzido um seriado com esta temática, tratava-se da série Lost dos mesmos criadores de Once Upon a Time. A série seguia a vida dos sobreviventes de um acidente aéreo numa misteriosa ilha tropical, após o avião que viajava de Sydney, Austrália para Los Angeles, Estados Unidos cair em algum lugar do Oceano Pacífico.

A ilha - Lost

A ilha de Lost apresentava inúmeros segredos e, é repleta de suspense e tensão, criados não somente pelos medos e traumas dos sobreviventes do voo 815, mas também pelo “monstro" e pelos "Outros". Embora tenha terminado em sua sexta temporada, até hoje Lost, ainda é motivo de discussões, já que inúmeros de seus enredos permanecem sem um fechamento dando lugar a especulações e teorias.

Nova York - The Strain

The Strain, a série que deu origem aos livros da trilogia de mesmo nome, escrita por Guillermo del Toro e Chuck Hogan, a série é exbida pelo canal FX.

Também diferente das primeiras citadas, The Strain não utiliza o mote das cidades isoladas em seu extremo, aqui Nova York se vê isolada do restante do mundo, devido a uma doença que começa a se espalhar pela periferia, uma doença que mata e transforma as pessoas em Strigois, uma espécie de vampiro que aterroriza a cidade.

Agora em sua segunda temporada, a série apresenta uma nova visão do mote de isolamento, guiados pela vereadora Justine, a força policial da cidade começa a isolar pequenos pontos da grande maça, visando a eliminação da ameaça strigoi, uma parte de cada vez.

O foco da ação não é manter isolada a população e sim manter fora das áreas livres do contagio, os strigois já desenvolvidos. O diferencial da série está no fato de que aqui os moradores de Nova York podem deixar a cidade durante o dia, já que o sol seria um veneno mortal para os contaminados.

Alexandria - The Walking Dead

The Walking Dead em sua última temporada exibida, apresentou ao público sua versão do mote de cidade isolada.  The Walking Dead é uma série do canal AMC baseado na HQ de mesmo nome criada por Robert Kirkman, Tony Moore e Charlie Adlard.

A versão da série para o mote é Alexandria uma comunidade com altos muros e livres de zumbis, antes da infeção Alexandria estava sendo construído para ser um condomínio auto sustentável, para moradores de elite. A cidade aqui apresentada é quase bucólica ao se contrastar com Woodbury e a Prisão, os moradores vivem bem, as crianças vão à escola, existe até uma igreja, porém, o que a equipe de Rick encontra não é um paraíso e sim um risco eminente de contaminação.

Os moradores de Alexandria não estão preparados para o mundo lá fora e cabe a ele seus amigos colocarem a cidade e seus cidadãos no centro da realidade existente além dos muros. A sexta temporada estreará em 11 de outubro de 2015. O episódio de estreia terá 90 minutos.

Bem pessoal chega ao fim está postagem, se você que leu até aqui acha que ficou faltando alguma outra série deixe seu comentário e vamos juntos construir está postagem.

http---signatures.mylivesignature.com-54492-348-8CDC41FCD38DF5750D599C05656C608C

1 comentários:

  1. Oi Julielton.
    Sou megaaaaa apaixonada por "Chester Mill - Under the Dome", amoooooo de verdade e estou triste em saber sobre a 3ª temporada.
    Lost, eu me recordo de assistir 3 episódios e não gostar, mas é uma serie que darei uma nova chance.
    Ainda não tive tempo para "The Walking Dead ".
    As outras eu não conhecia mas estou curiosa com as cidades de "Wayward Pines" e "Storybrooke".

    Bjsss

    ResponderExcluir

Sua opinião é sempre importante, por isso espero seu comentário!
Critique, de sugestões, elogie, comente.

Julielton Souza