26 de out de 2014

Influências japonesas: Especial Televisão. Parte II

Produções Japonesas em Emissoras Brasileiras.

Vimos na postagem de ontem canais que se dedicaram quase que em sua totalidade as produções japonesas e que atingiram o auge de sucesso durante alguns anos, mas que por alguma razão decaíram e terminaram sendo extintos.
Hoje falaremos sobre outras emissoras, abertas e/ou fechadas e que dedicaram uma faixa de seus horários semanais ou de fim de semana a produções japonesas, em especial os animes e tokusatsu.
Mesmo para os mais velhos, é possível se lembrar do sucesso que os animes exibidos em TV aberta tinham com a garotada, a exibição de episódios novos ou mesmo de séries já antigas geravam uma ampla audiência para as emissoras, além de movimentar o mercado de produtos licenciados: cadernos, álbuns de figurinha, action figures, roupas, acessórios escolares, brinquedos em geral.
Um desses sucessos que todo pai teve que enfrentar, foi a exibição do anime Beyblade do original Bakuten Shuto Beyblade, um anime baseado em um brinquedo de mesmo nome, cujo a aparência lembrava um pião. Algumas beyblades possuíam espíritos chamados de feras-bit, como Dragon a beyblade de Tyson o protagonista ou Tyger a beyblade de Kai.
Naquela época, toda criança desejava ter as beyblades e arenas que Hasbro trouxe para o Brasil, era uma febre nacional, e jogar beyblade no recreio era o mais cool possível. Haviam organizações de batalhas entre bairros, salas de aula e sempre era motivo para diversão em grupo. Aqueles que não possuíam o balor exorbitante cobrado por um brinquedo de plástico, em média R$ 159,00, criava suas próprias beyblades, algumas feitas apenas de tampinha de detergente e um palito de madeira, outas eras incrementadas com peças de metal tirada daquela bicicleta velha, ou mesmo construída do zero com materiais tirados do lixo.
Eu mesmo tinha uma dessas, feita com tapinha de detergente e protegida por um rolamento de bicicleta e colorida com esmalte roubado da minha mãe, era uma das melhores e mais fortes durante as batalhas realizadas na casa de um vizinho que possuía um tanque de lavar roupas velho, esses de pedra que se encontra em quase toda casa, nós o usávamos como arena e produzíamos sensacionais batalhas de onde soltavam-se faíscas.

Abaixo colocarei dois vídeos para que vocês possam relembrar desse anime e brinquedo que marcou uma geração.
Batalha de Beyblade Caseira

Abertura do Anime

Atualmente o auto custo de licenciamento de novos títulos com as produtoras japonesas tiraram da televisão aberta as produções japonesas, sendo que a maioria optou por substituir animes e derivados japoneses pelas produções norte-americanas que já possuem um mercado solido e garantido. No Brasil as emissoras que mais utilizaram produções japonesas em suas grades foram os canais Globo, BAND, Record e RedeTV. Porém a permanência dessas produções na TV aberta sofreu um grande abalo e hoje poucos canais oferecem esse tipo de programa, a maioria dos serviços são encontrados nos serviços online pagos como Netflix e Crunchyroll um serviço on-demand voltado apenas para veiculação de animes ou nos canais pagos Cartoon Network e Play TV.

Canais Abertos


Bandeirantes – Band Kids
A Band foi a responsável pela segunda ascensão dos animes em terras brasileiras, após o encerramento das transmissões da TV Manchete em 1999, somente em agosto do ano seguinte os chamados otakus receberam o presente mais aguardado, um programa direcionado a exibição de animes, o Band Kids.
O Band Kids um programa infanto-juvenil dedicado inicialmente a exibição de animes, porém atualmente exibe seriados para adolescentes e desenhos animados variados.
O programa estreou no ano 2000 e era apresentado pela nipo-brasileira Renata Sayuri, a qual atendia pela apelido de Kira e iniciava o programa com um bordão de sucesso: “Eu sou Kira”.
No ano de lançamento o programa possuía diversas produções de sucesso e que captaram grande parte da audiência infantil, entre seus principais animes exibidos estavam Dragon Ball Z, Bucky e Tenchi Muyo, ainda exibia alguns desenhos de sucesso, que não iremos falar aqui por não serem produções japonesas.
Quando perdeu o anime Dragon Ball Z para a TV Globo o programa perdeu drasticamente sua audiência e acabou saindo da grade da emissora em dezembro de 2001.
Em 2002 o programa voltou ao ar agora sem apresentador e os animes já não eram sua principal atração. Em 2004 uma nova tentativa de trazer o velho sucesso do programa trouxe a cantora Kelly Key como apresentadora e também trouxe a TV aberta o anime Os Cavaleiros do Zodíaco, infelizmente novamente houve cortes no programa, começando pela apresentadora, porém o anime continuo no ar até o fim de 2005.
Depois de inúmeras mudanças de horário e de apresentadores, o programa obtém uma audiência considerável apenas em 2007 quando começa a exibir o anime Monster Rancher, e novamente é cancelado. Em 2012 o programa exibia Power Rangers no Espaço para todo o Brasil (porém essa série é americana inspirada no tokusatsu Denji Sentai Megaranger) e Dragon Ball GT para o estado de São Paulo. Em 2013 opta por levar os seriados e desenhos da Nick. Atualmente o programa é dedicado as produções da Nickelodeon como iCarly e Padrinhos Mágicos, encerrando quase que definitivamente a era dos animes na TV aberta.

Globo – TV Globinho
Não é dúvida para ninguém, qual o programa da TV Globo, a quase extinta TV Globinho que estreou em julho de 2000 voltado exclusivamente para o público infantil com desenhos, animes e séries infanto-juvenis foi o grande percursor dos animes no país.
Inicialmente a TV Globinho era apenas um quadro no extinto Angel Mix apresentado por Angélica, mas em 2000 passou a ser uma estação de TV responsável por exibir os desenhos no programa Bambuluá também apresentado por Angélica.
O programa era apresentado pelos personagens do programa Bambuluá, e tinha como equipe Xereta, Prego, Jujuba, Escova, Matraca e Garrafinha, apenas em 2001 o programa tornou-se independente.
Porém no mesmo ano os apresentadores foram retirados do ar. Em 2002 cinco atrizes passaram a comandar o programa, entre elas Fernanda de Freitas, Sthefany Brito, Graziella Schmitt, Élida Muniz e Geovanna Tominaga, ainda em 2002 o programa passou a ser exibido aos sábados sendo apresentado pela atriz Graziella Schmitt e tendo Ana Carolina Dias a substituindo na sexta-feira.
Até 2005 várias apresentadoras passaram pelo programa, como a atriz Maytê Piragibe e Leticia Colin.
De 2005 a 2011 um elenco gigantesco composto por atores e atrizes jovens dividiram a apresentação do programa, sempre na tentativa de reanimar o programa e vencer o imbatível Bom Dia & Cia do SBT.
Porém em 2012 o programa foi transferido para os sábados e no lugar estreou o programa Encontro com Fátima Bernardes, uma tentativa de reestabelecer a audiência das manhãs, o que foi realmente alcançado apenas no final de 2013.
Durante os vários anos que ficou no ar, várias atrações japoneses foram exibidos no programa, entre eles, Astro Boy, Hantaro, Medabots, Monster Rancher, Pokemon, Sakura Card Captors, Samurai X, Shaman King, Super Pig, Zatch Bell, Dragon Ball Z, a maioria das temporadas da série Digimon, Yu-Gi-Oh!, Beyblade e Dragon Ball GT.
Com certeza a TV Globinho foi entre os mais atuais o maior propagador da influência japonesa na tv.

Record – Eliana & Alegria
O auge dos animes na TV Record ocorreu com a estreia do programa Eliana & Alegria em 1998, um programa infantil que garantiu a Record motivos para investir no grande sucesso mundial Pokemon. No ano seguinte o anime foi motivo de recordes de audiência.
Porém em 2003 a TV Globo adquiri os direitos do anime, e a programa se esvai aos poucos, ainda houve uma tentativa de substituição com o anime Sailor Moon, porém a audiência nunca mais foi a mesma, e em março de 2003 o programa é finalmente extinto.
Outros animes foram exibidos no canal, porém ocorriam geralmente aos sábados em um programa que sinceramente não lembro o nome. Alguns desses chegaram a ser exibidos em algum dos três programas infantis que a apresentadora Eliana teve no canal.
Entre eles estão: Speed Racer, Street Fighter, Sailor Moon R, Skyers 5, Space Boy, Sawamu e outros.
  
SBT – Bom Dia & Cia

Apresentado por inúmeros famosos como Eliana, Jack P, Yudi, Priscilla A. Matheus Ueta e Ana Júlia Souza, o programa está no ar desde 1993 e possui mais de 5000 episódios exibidos.
O programa possui seis fases importantes, todas marcadas pela mudança de apresentadores, a primeira começou com a apresentadora Eliana e seguiu-se até meados de 1998, quando a mesma deixou o SBT e foi substituída pela apresentadora Jackeline Petkovic (Jacky) a qual ficou no ar até o ano de 2003 quando inicia a terceira fase.
A menor fase do programa teve como apresentadores Jéssica Esteves e Kauê Santin que ficaram até 2005, quando são substituídos pelo trio Yudi Tamashiro, Priscilla Alcantara e Ítala Matiuzzo, em 2006 a dupla assume o comando do programa, que muda de nome e passa a se chamar Bom Dia e Companhia.
Em 2010 Maísa Silva assume o comando do programa ao lado da dupla, em seguida no ano de 2013 o Palhaço Bozo entra para o programa ao lado de Priscilla.
Em 2013 um verdadeiro exército de péssimos apresentadores tomam o controle do programa, Matheus Ueta, Ana Vitoria Zimmermann, Maísa, Jean Paulo Campos, Patati e Patatá e Bozo revezam na apresentação do programa.
Atualmente Matheus Ueta lidera o programa apresentado incansáveis reprises de sereis e desenhos, perdendo audiência a cada dia.
O programa obteve audiência considerável com a exibição do anime Naruto, porém não foi o único anime apresentado no programa ou no SBT.
Ainda foram exibidos os animes Blue Dragon, Dragon Ball, Fly (Dragon Quest), One Piece, e outros de menor destaque.

Canais Pagos


Entre os Canais Pagos que exibiram animes, tokusatsu de grande destaque estão:
Boomerang: Sakura Card Captors.
Cartoon Network: Animatrix, Astro Boy, Bakugan, Cowboy Bebop, Digimon, Dragon Ball e suas continuações, Hantaro, Inuyasha, Love Hina, Naruto, One Piece, Pokemon, Cavaleiros do Zodíaco, Sailor Moon, Samurai X, Yu Yu Hakusho e Zatch Bell;
CNT Gazeta: Don Dracula.
Disney Chanel: Beyblade, Digimon e PUCCA.
Fox Kids/ Jetix: Beyblade, Blue Dragon, Digimon, Dinosaur King, Medabots, Megaman, Monster Rancer e Super Pig.
HBO: Paprika e filmes de Cowboy Bebop, Pokemon e Yu Gi Oh!
MTV: Afro Samurai, Nana e Speed Racer.
Nickelodeon: Yu-Gi-Oh!

Novidade


Atualmente o canal pertencente ao grupo bandeirantes, o PlayTV exibi em sua grade de programação animes dublas de grande renome como Bleach e Death Note, e o canal Cartoon Network exibe Pokemon.

0 comentários:

Postar um comentário

Sua opinião é sempre importante, por isso espero seu comentário!
Critique, de sugestões, elogie, comente.

Julielton Souza