4 de ago de 2014

10 Personagens Secundários que Conquistaram os Leitores:


A coluna 10 Coisas, é a minha preferida, pois posso abordar aqui apenas aquilo que gosto e que sei que pode agradar aos leitores do blog.
Então, pretendo elencar aqui dez personagens secundários em suas tramas que de certa forma conquistaram o direito de protagonizar capítulos inteiros dos livros a qual pertencem.
Devo ressaltar que está é a minha opinião enquanto leitor, e que tal personagem pode não agrada-lo, da mesma forma que me cativou.
Não se esqueçam de comentar, como o nome do blog já diz, eu proponho o assunto e vocês desenvolvem o diálogo, pois, este é o lugar para a dialética simples e cativante entre os amantes dos livros.

10° Lugar: Khufu – As Crônicas dos Kane
Presente na série As Crônicas dos Kane de Rick Riordan, Khufu é um babuíno extraordinário e de muita personalidade.
Como um dos anfitriões do 21° Nomo, ao lado do crocodilo albino Filipe da Macedônia e do poderoso mago da Casa da Vida Amós Kane, nosso babuíno preferido é a exceção à parte, inteligente, sagaz, ágil e comprometido o primata rouba a cena e nos diverte ao extremo.
Khufu é sempre visto portando um pacote de salgadinho ou outra comida que goste (sempre alimentos terminados em “O”), e sua camiseta amada de basquete. E por sinal ele é um excelente jogador e vive humilhando Carter Kane na quadra.
Khufu é um aliado poderoso e leal, a família Kane deve muito a nobre babuíno e todas as vezes que ele aparece nos livros se destaca com seu inconfundível vocabulário limitado, “argh” uma pequena e única expressão que misteriosamente é traduzida pelos Kane como um diálogo longo e carregado de sabedoria.
Por ser o melhor babuíno de pelo dourado de todas as séries de livros, Khufu ocupa a decima posição deste ranking.


9° Lugar: Max – Cidade da Meia Noite: Saga da Terra Conquistada
Max é o pastor alemão amigo e companheiro de Holt Hawkins no primeiro livro da série Saga da Terra Conquista do autor J. Barton Mitchell.
Max é um cão e tanto, devoto ao dono ao extremo. Holt por sua vez ama o cão e o trata como um verdadeiro amigo. É bonito ver a relação dos dois ao longo do livro, onde um se preocupa com o outro.
Em certos momentos você até se esquece que Max é um cachorro e sofre com todos os perigos que o pobre animal enfrenta ao lado do dono e torce para que ele consiga se safar de mais um problema, o mais incrível, é que ele é sempre um dos primeiros a vencer o perigo.
Um acréscimo sensacional a história foi como o autor abordou o relacionamento de Max com as duas novas integrantes da trupe, Zoey e Mira Toombs. Desde o início Max auxilia Holt na perseguição e captura de Mira, a bucaneira (caçadora de tesouros) procurada pela cidade da Meia Noite, e quando ela finalmente se junta a turma, Max não esconde seu descontentamento com a garota.
Já com Zoey a menina desmemoriada, única sobrevivente de um acidente com naves alienígenas, Max é puro amor e dedicação. A preocupação de Zoey com o cão, e dele para com ela é tocante.
E você se vê durante todo o livro, torcendo para que Holt a deixe montar o cão.
Nona posição para o cachorro incrível de Cidade da Meia Noite. 



8° Lugar: Lorde Akeldama – Alma? O Protetorado da Sombrinha
O vampiro afetado e extravagante de Alma? da autora Gail Carriger ocupa nossa oitava posição, mas como definir Lorde Akeldama? De forma fácil, usando uma passagem do livro:
“A palavra extravagante definia muito bem Lorde Akeldama”.

O lorde que se veste de modo absurdo (sempre combinando saltos altos com polainas de xadrez, calções de cetim até a altura dos joelhos, coletes listrados, paletós de brocado e gravatas plastrom), é um destaque divertido nas aventuras da Srta. Tarabotti uma solteirona de personalidade forte e descendência italiana e que não possui alma (preternatural).
O Lorde é um destaque a parte, sempre irritante e muito exagerado, o vampiro de rosto pálido e com círculos de rouge nas maçãs do rosto ganha a atenção do leitor com suas tiradas sarcásticas, as vezes arrogante e arranca risos fáceis. Ele é uma figura divertidíssima e, é fácil entender por que Alexia gosta tanto de sua companhia.
Akeldama é conhecido por ser o melhor dos fofoqueiros, pois, obtém informações privilegiadas sobre qualquer pessoa, não importando seu status social, ou a hora da noite, ele sempre estava pronto para ouvir seus zangões (pessoas que desejavam se tornar vampiros por isso serviam como fieis criados) ou mesmo os fantasmas espiões.
Sua casa é outra obra da cafonice, repleta de invenções inúteis e quadros é tomada pelos zangões e criadas francesas.


7° Lugar: Luna Lovegood – Harry Potter.
Luna Lovegood Scamander é a garotinha excêntrica que usa adornos estranhos em volta do pescoço e filha do editor da revista Pasquim, presente na série Harry Potter da autora J. K. Rowling.
A puro sangue de olhos enevoados e cabelos loiros é até considerada por muitos personagens como esquisita e lunática, mas é belo ver a credulidade da garota nas matérias ridículas do pai.
A fé da garota é outro ponto positivo, e, é engraçado ver Hermione tentando convence-la que sua fé não faz sentido. Ela ocupa a sétima posição neste top 10 é justamente pela sua indiferença em relação ao que os outros pensam ao seu respeito.
Essa garota é incrivelmente perspicaz e otimista, mesmo quando os colegas escondem suas coisas, e sua amizade com Harry a torna mais especial.


6° Lugar: Kaitlyn – A culpa é das Estrelas
Kaitlyn é a amiga elitizada de Hazel no livro A culpa é das Estrelas de John Green. Ela ocupa a sexta posição, mesmo não aparecendo muito no livro, mas sempre que aparece se destaca com seu jeito espalhafatoso e excêntrico.
A garota é descrita como uma pessoa ativa, confiante e decidida, com uma vida social concorrida, organizada visando o melhor aproveitamento do tempo.
Hazel a descreve como uma socialite britânica de vinte e cinco anos presa no corpo de uma adolescente de dezesseis e morando em Indianápolis, e realmente é assim que ela aparece na história, sempre bem vestida e alegre, possui seu jeito peculiar de falar e sua mania única de procurar a sua alma gêmea em quase todos os garotos “apetitosos” da escola a transformam numa atração à parte durante a história, já que ela é o oposto de Hazel.
Minha imaginação de como seria uma Kaitlyn perfeita, seria algo parecido como a Regina George do filme “Meninas Malvadas”, uma patricinha que sabe que é bonita e não teme exibir sua beleza e fortuna.


5° Lugar: Zoe-Doce-Amarga – A Maldição do Titã.
Outra cria do excelentíssimo escritor Rick Riordan, é Zoe da série Percy Jackson.
Líder do grupo de caçadoras leais a deusa Ártemis, filha do Titã Atlas e deusa dos oceanos Pleione, teve destaque importante na saga de Hercules, mas acabou sendo esquecida na história e por isso se juntou ao séquito da deusa da caça.
Zoe usa uma faca de caça e um arco como armas, é excêntrica e fala como alguém de um passado distante, porém é forte e destemida, e se ódio por homens a faz ser uma personagem cativante.
Como criadora da espada mágica de Percy, a Contracorrente, ela ocupa um lugar bonito na história e mesmo seu desfecho trágico a fez importante em toda a saga.
Ocupa o quinto lugar por ser a destemida e caricata garota desprezada e usada pelos homens que tudo o que deseja é vingança contra todos.


Imagens: Menino Maluquinho
4° Lugar: Kel e Caulder - Métrica
Seria impossível separar esses dois amigos, por essa razão Kel e Caulder do livro Métrica da autora Colleen Hoover, ocupam a quarta posição.
Kel é o irmão caçula de Layken, tem nove anos, cabelos louro-escuros, e uma personalidade forte que compensa sua falta de tamanho.
Kel chama a atenção pela sua brincadeira favorita chamada de dia do oposto, onde ele passa maior parte do tempo andando de costas e falando de trás para a frente. Outra excentricidade de Kel que toma medidas gigantescas no livro é o fato dele chamar lasanha de basanha.
Caulder é descrito com um garoto de pele macia em tom de oliva, cabelo preto curtinho, é o irmão caçula de Wil o vizinho de Layken e Kel, órfão dos pais, é criado pelo irmão que entrega toda sua vida aos cuidados do irmão menor. Caulder é a vida inteira de Will.
Assim como Kel, Caulder é pura alegria, um garoto com uma personalidade gentil e afável, que conquista o carinho de todos rapidamente.
A amizade dos dois e as brincadeiras que desenvolvem juntos chama muito a atenção, eu mesmo, me peguei desejando que o livro fosse sobre os dois e não sobre os irmãos mais velhos.
Acho incrível a ideia dos dois de irem fantasiados de câncer para a escola, ou mesmo a brincadeira com o boneco de neve atropelado.
Resumindo Kel e Caulder são personagens secundários que ganharam o carinho dos leitores e por isso merecem essa posição.


3° Lugar: Tyson – Percy Jackson e Os Olimpianos
Tyson o meio irmão ciclope de Percy Jackson dos livros de Rick Riordan é um personagem carismático, amável e incrivelmente habilidoso.
Ele é o filho do deus grego do mar Poseidon que mora em uma caixa de geladeira, ele conheceu Percy no colégio e logo tornou-se um de seus melhores amigos, mas possui uma qualidade genética, possui um olho só, possui diversas cicatrizes graves nas costas, mas nada que o deixe assustador, pelo contrário ele é doce e meigo.
Tyson salva Percy e acaba parando no Acampamento Meio Sangue onde então é reclamado como o filho do deus do mar, passando então a dividir um dos chalés dos três grandes com Percy, seu meio irmão.
O jovem ciclope é habilidoso com as mãos e faz um escudo incrível para Percy, devido ao seu talento natural foi convidado para trabalhar nas forjas submarinas do pai.
Ele possui um carinho exagerado por uma das criações do pai, os cavalos, e quando conhece Arco-íris o hipocampo, o chama de pônei. Tyson é extremamente forte, e não pode ser morto ou ferido por fogo, além de poder imitar vozes e se comunicar abaixo da agua, ele acaba sendo de grande ajuda para Percy e sempre que aparece comove a todos com sua gentileza e dedicação total ao irmão.


2° Lugar: Nico di Angelo – Percy Jackson e Os Olimpianos
Três personagens de Rick Riordan no tópico, fica evidente que sou um grande fã, né?
Pois é, Nico di Angelo, o jovem filho do deus Hades é outro personagem secundário que me conquistou com seu jeito simples e meigo de ser.
O garoto semideus filho do deus dos mortos e irmão mais novo de Bianca di Angelo nasceu na Itália antes da Segunda Guerra Mundial e ficou preso no Hotel e Cassino Lótus protegido dos males que o ameaçavam até ser resgatado por Percy.
Viciado em um jogo chamado Mitomagia, Nico é devotado a mitologia grega, mas sua grande paixão é sua irmã Bianca e após sua morte demostra sua verdadeira natureza.
Nico é realmente alguém legal de se acompanhar, sua timidez e isolamento o tornam um personagem único e você se vê torcendo para que ele fique do lado do bem e não siga o caminho do Estige.
Ainda não acompanho a Saga Heróis do Olimpo e não conheço sua história, mas acredito que Nico seja um herói tão grande e poderoso como Percy foi. E por essa razão ocupa o segundo lugar.


1: ° Lugar: Fred e George Weasley – Harry Potter
Acredito que seja unanimidade o fato de Fred e George ocuparem a primeira posição, os dois irmãos protagonizaram grandes momentos durante as aventuras de Harry e companhia.
Os dois são os amigos perfeitos, engraçados e únicos, e são especialistas em fazer as pessoas rirem, além é claro de atormentar os professores.
O desfecho das aventuras destes dois gigantes foi um infeliz pesar, mas não é algo que apague todas as aventuras, traquinagens e armações realizadas pelos gêmeos Weasley.

Sou um grande fã dos dois, mesmo não curtindo o universo de Hogwarts, e eu desejei muito conhecer a Gemialidades Weasley no Beco Diagonal.

2 comentários:

  1. Tyson merecia mesmo estar nessa lista. Pra mim, o melhor personagem da saga rs. Dava mta pena dele quando o Percy quase não o via como um irmão.

    http://www.maisquelivros.com/

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir

Sua opinião é sempre importante, por isso espero seu comentário!
Critique, de sugestões, elogie, comente.

Julielton Souza